Grupos de notícias



Ocupação dos leitos de UTI em Anápolis cai para baixo dos 80%, pela primeira vez em três semanas



Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), há 69 pacientes em terapia intensiva na rede municipal, que oferta 93 leitos críticos. Portanto, a ocupação é de 74,19%.

No domingo, o índice já havia recuado e chegado a 79%. A última vez em que a ocupação das UTIs da rede municipal ficou nesse patamar foi entre 14 e 19 de março.

De fevereiro para março, as internações cresceram massivamente na cidade. Em 18 de fevereiro, a ocupação das UTIs chegou a 50%, o que fez Anápolis regredir para o cenário de risco moderado, aumentando as restrições. Em março, por vários dias, o índice ficou acima de 90%, chegando várias vezes a 95%.

No entanto, segundo a prefeitura, desde a semana de 21 de março há estabilidade. A tendência de queda começou a ser observada na semana passada.

A redução da pressão sobre o sistema de saúde já pode ser sentida também nas enfermarias. Se já houve quase lotação nos leitos para pacientes moderados, hoje há um pouco mais de espaço para atender os doentes. Dos 109 leitos, 80 estão ocupados, ou seja, 73,3%.

Por Diário de Goiás