Grupos de notícias



Sindicato dos médicos volta atrás e greve deve ser cancelada



A possível greve dos médicos, anunciada pelo Sindicato do Médicos de Anápolis para inicia-se nesta sexta-feira (15), não deverá acontecer. Embora a decisão ainda tenha que passar por assembleia no sindicato, os representantes acreditam que o movimento grevista não irá prosperar. Na manhã de hoje, representantes do órgão e vereadores se reuniram com o prefeito Roberto Naves para discutir as demandas alegadas pelos médicos, como por exemplo baixos salários, carga horária e condições de trabalho.

Em entrevista coletiva após a reunião, o presidente do SIMEA, Dr. Marcio de Paiva, disse que a abertura do diálogo com o poder executivo deve pôr fim ao movimento de greve, mas que a decisão será tomada apenas na reunião da assembleia marcada para esta quinta-feira (14). Um dos líderes do movimento grevista, o vereador e médico Dr. José Fernandes, também ressaltou na entrevista que não deve haver paralisação pois, segundo ele, alguns grupos de trabalho serão montados em parceria com a Prefeitura para discutir pontos estratégicos na área da saúde municipal.

Greve do Ponto

Havia uma apreensão por parte da população nos últimos dias após o anúncio da greve por parte do sindicato, que poderia paralisar alguns atendimentos importantes. Nas redes sociais, ganhou força a teoria de que os médicos estariam ameaçando a greve após decreto da Prefeitura exigindo que todos os profissionais da saúde concursados registrassem o ponto eletrônico. O sindicato nega que esta demanda esteja em pauta.