Grupos de notícias

Anápolis inicia cadastro e vacinação de pessoas com comorbidades e retorna aplicação de segunda dose da Coronavac



Com mais de 102 mil doses da vacina contra a covid-19 aplicadas, Anápolis segue para o próximo grupo, cadastrando e vacinando, a partir desta segunda-feira, 10, pessoas de 55 a 59 anos que tenham comorbidades (veja lista abaixo). A chegada de 1.800 doses destinadas para segunda aplicação, neste domingo, 09, permite o retorno do reforço da vacina que será feito também amanhã, mediante senha nos pontos fixos.

Para melhor distribuição, quem precisa tomar a segunda dose da Coronavac deve se dirigir, das 8h às 16h, nos seguintes pontos: UniEvangélica para pedestres; e Ginásio Internacional Newton de Faria, CMTT e unidade de saúde do JK em sistema drive-thru. Como as vacinas enviadas pelos governos federal e estadual vieram em menor quantidade serão distribuídas senhas nos próprios locais de vacinação.

Já quem tem comorbidades na faixa etária de 55 e 59 anos; gestantes e puérperas (45 dias pós-parto) com idade acima de 18 anos; pessoas com síndrome de Down acima de 18 anos; pessoas com doença renal crônica que fazem hemodiálise em outra cidade, mas são de Anápolis; e pessoas com deficiências cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC), de 55 e 59 anos, podem acessar o site vacina.anapolis.go.gov.br/cadastrar e preencher todo o formulário.

Para comorbidades, será necessário anexar o laudo médico; para gestantes, os exames de gravidez; e puérperas, a certidão de nascimento do recém-nascido. “Se a pessoa finalizar o cadastro, conforme os critérios, pode procurar imediatamente um dos quatro pontos de vacinação destinados a estes grupos”, explica o secretário municipal de Saúde, Júlio César Spíndola.

Os pontos para primeiras doses de comorbidades, além de idosos, profissionais da saúde e segurança remanescentes, são: unidade de saúde Santa Maria de Nazareth e Banco de Leite para pedestres; e unidades do Anexo Itamaraty e Arco-Íris em sistema drive-thru. 

A vacina para pedestres não será aplicada em pontos de drive-thru, assim como pessoas em veículos não receberão a dose em unidades voltadas para imunizar pedestres. A medida objetiva garantir a organização das filas e evitar aglomerações. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a pessoa que teve covid-19 deve aguardar no mínimo 30 dias para receber a vacina e pacientes que usam medicamentos imunossupressores, em tratamento oncológico ou de hemodiálise, precisam ter autorização médica para tomar a dose.

Lista de comorbidades:
Diabetes mellitus
Pneumopatias crônicas graves
Hipertensão arterial resistente (HAR)
Hipertensão arterial estágio 3
Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
Insuficiência cardíaca (IC)
Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar
Cardiopatia hipertensiva
Síndromes coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatias e pericardiopatias
Doenças da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas
Cardiopatias congênita no adulto
Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
Doença cerebrovascular
Doença renal crônica
Imunossuprimidos
Hemoglobinopatias graves
Obesidade mórbida
Síndrome de Down
Cirrose hepática