Grupos de notícias

Preço do gás de cozinha sofre novo reajuste e sobe pela quarta vez no ano



O gás de cozinha sofrerá um novo aumento. A Petrobrás decidiu, reajustar preço médico do gás liquefeito de petróleo (GLP) em 5% para as distribuidoras. A alta é um reflexo, segundo a empresa, das movimentações do mercado internacional do petróleo, que é utilizado como insumo para produção do produto.

Agora, o quilo do gás ficará em média R$ 3,21, ou seja, o botijão de 13kg deverá ser vendido a R$ 41,68. A nova alta do gás representa o quarto aumento do ano. Porém, os valores praticados nas refinarias são bem mais baratos. A petroleira explica que até que o bruto chegue ao consumidor final são acrescidos ao preço diversos tributos além das margens de lucro das companhias distribuidoras.

O último reajuste aconteceu no dia 1° de março. O preço mais alto do mercado é praticado na região Centro-Oeste onde o combustível chega a casa dos R$ 120,00, mesmo após os impostos federais serem zerados.

Por Jornal opção