Adolescente denuncia o pai após apanhar de cinto em Petrolina de Goiás: Veja o vídeo

Uma adolescente de 16 anos denunciou o pai ao Ministério Público de Goiás (MP-GO) depois de ser agredida em Petrolina de Goiás, a 80 km da capital. De acordo com a vítima, ela apanhou diversas vezes de cinto e porque ele não aceita o namoro da jovem.

As agressões foram registradas pela mãe da adolescente. Pelas imagens é possível ver que a vítima está sentada no chão enquanto o pai a agride repetidas vezes. Ele pergunta: “Apanhou o suficiente? Apanhou não. Você ‘tá’ brincando comigo? ‘Tá’ achando que eu sou moleque?”. A adolescente chora e diz :“Pai do céu, tá doendo demais!” e o homem responde: “’Tá?’ Você não sentiu dor ainda não”. Desde a agressão, a adolescente está na casa de um tio.

O caso aconteceu na sexta-feira (9) e é apurado pela Polícia Civil (PC) desde segunda (12). A investigação aguarda a perícia do Instituto Médico Legal (IML), que ainda não está concluída.

A delegada responsável pelo caso, Karla Portes Poutrel, afirmou que o pai pode ser indiciado por lesão corporal no âmbito da Lei Maria da Penha. Em caso de condenação, ele pode pegar até 3 anos de prisão.

Em nota, a assessoria da PC informou que as investigações seguem em sigilo porque a vítima é menor de idade.

Matéria do Mais Goiás

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *