Grupos de notícias

Agentes prisionais interceptam no presídio de Anápolis a entrada de celulares escondidos em TV's

ervidores Plantonistas da Unidade Prisional Regional (UPR) de Anápolis interceptaram nessa quinta-feira, 27/08, a entrada de nove celulares escondidos em televisores deixados por familiares de três custodiados do presídio. Os eletrônicos seriam repassados para os detentos junto com a cobal (dia em que familiares levam produtos liberados pelo estabelecimento prisional), mas foram flagrados pelo rigor da revista realizada pelos plantonistas. As TVS foram deixadas no estabelecimento penal por quatro mulheres, com as respectivas idades, 19, 44,46 e 54 anos. Diante do flagrante, as mulheres foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil do município para as providências necessárias que o caso requer. Os materiais interceptados estão à disposição das autoridades policiais competentes para os fins adequados, na forma da lei. Procedimentos administrativos internos foram abertos para averiguação do fato e aplicações das sanções disciplinares aos detentos destinatário dos materiais, conforme determina a Lei de Execução Penal (LEP). O rigor nos procedimentos realizados pelos servidores da UPR pertencente à 1ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) vai ao encontro das diretrizes estabelecidas pelo Governo do Estado em consonância com a Secretaria de Segurança Pública.