Comerciante de Anápolis foi morto por causa de R$0,25 centavos

O comerciante Reinaldo Godói da Silva, de 51 anos, foi morto a tiros na frente do próprio comércio em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Segundo as investigações da Polícia Civil, a vítima discutiu com um cliente por causa do preço de uma carteira de cigarro e foi baleada em seguida.

O homicídio aconteceu no início da noite de sábado (21), de acordo com registros policiais. O delegado de plantão, Cleiton Lobo, disse que o autor e o carro em que ele estava foram identificados e estão sendo procurados.

“Os detalhes ficarão mais claros depois das oitivas, mas a discussão começou porque o autor foi pagar uma carteira de cigarro que havia comprado lá e o comerciante cobrou dele R$ 6. O cliente disse que o preço padrão era R$ 5,75, mas o comerciante disse que, como o cliente estava devendo – havia comprado ‘fiado’ – o valor a ser cobrado seria maior”, explicou.

Segundo o delegado, a conversa toda aconteceu em frente ao comércio da vítima, com o autor sentado dentro do carro e a vítima de pé do lado de fora do veículo. Lobo completou que em certo momento da discussão, o cliente sacou uma arma e atirou algumas vezes contra a vítima.

Até por volta de 13h deste domingo (22), a Polícia Civil não havia prendido nenhum suspeito do crime, mas tinha equipes nas ruas procurando pelo autor e colhendo evidências que possam ajudar nas investigações.

Fonte: G1

Tags:
Por: Redacao, em 22 de novembro de 2020

Um comentário em “Comerciante de Anápolis foi morto por causa de R$0,25 centavos

  • 24 de novembro de 2020 em 03:08
    Permalink

    Olha o tanto que a mídia é desinformada ao passar as notícias sem fazer uma bom prévio levantamento das informações. Sou cliente deste mercado e morador deste bairro a qual aconteceu esse homicídio com este trabalhador do bem, e já presencie cenas do assassino em que ele ia lá pegar a mercadoria deste mercado e saia falando pro comerciante colocar na conta do Tadeu e dizia ao sair, ”se ele não paga nem eu”. E comentei esta situação com outros moradores aqui do bairro e um outro tbm confirmou já ter presenciado esta cena… Em outra conversa, um outro morador disse que a dois dias atrás este senhor assassino tinha desmoralizado a atual mulher do comerciante a qual gerou uma baita discussão na quinta feira passada a qual tinha aparentemente ficado só nisto. Que tragédia, este homem não merecia ter passado por isto. Que sensacionalismo na morte de um homem trabalhador e que alegrava o bairro com seu carisma.

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *