Grupos de notícias



Governador Ronaldo Caiado decreta luto oficial de três dias em Goiás por morte de Maguito



O governador Ronaldo Caiado (DEM) decretou luto oficial de três dias pela morte do prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB). Caiado também cedeu o Palácio das Esmeraldas, em acordo com a família, para que o corpo do emedebista, que é ex-governador do Estado, seja velado. “Goiás perde um de seus mais notáveis líderes, após 83 dias de uma batalha incessante pela vida”, diz a nota do governador. Maguito, que foi internado por uma contaminação pelo vírus da Covid-19, estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e morreu na madrugada desta quarta-feira (13), às 4h10, aos 71 anos. “O sentimento do povo goiano neste momento de perda é o reconhecimento da trajetória de um homem que enfrentou com dignidade, altivez e espírito público todos os desafios, sempre a defender suas convicções e ideias com coerência, ponderação e sensatez”, acrescentou Caiado. Em nota elogiosa, o governador lembrou a trajetória do emedebista e prestou solidariedade à família. Ele também destacou que, em Goiás, mais de 7 mil pessoas já morreram por conta da Covid-19. “É difícil aceitar a interrupção de sua trajetória de vida. Mesmo diante de um cenário de grande adversidade, lutou e conquistou mais uma vitória ao ser eleito prefeito de Goiânia, nossa querida capital, com o reconhecimento da população ao seu estilo como gestor. Contaríamos com um prefeito pautado pelo espírito conciliador para ajudar a reconstruir e a superar as dificuldades impostas pelo momento político em que vivemos”. Matéria do Jornal do Valle