João da Luz divulga manifesto em apoio à Acia, para gerir o Centro de Convenções de Anápolis

O vereador João da Luz (PHS) divulgou esta semana, na Câmara, um manifesto em defesa da concessão da administração do Centro de Convenções de Anápolis para a Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia). O pleito da entidade classista junto ao Governo do Estado foi feito há algum tempo, mas até agora o governador Ronaldo Caiado (DEM) mantém a solicitação em suspense.

Segue a íntegra do manifesto do vereador João da Luz.
MANIFESTO Nº 001/2019

O vereador João da Luz manifesta posicionamento favorável frente à administração do Centro de Convenções de Anápolis, localizado na Rodovia Transbrasiliana, 208 – Viviam Parque 2ª Etapa, vir a ser gerida pela Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA). Vez que o vereador vêm atender um pedido do senhor Anastacios Apostolos Dagios, ex presidente da Acia e atual presidente do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Anápolis/GO (SINDUSCON), como também, entende que a entidade têm total domínio e competência para administrar o Centro de Convenção de Anápolis (GO).

Neste sentido manifesta-se favorável quanto à urgência da resolução deste assunto, vez que o Centro de Convenções da forma que está, gera apenas despesas e gastos para o município e para o Estado. Já com o seu pleno funcionamento é certo que a rede de hotelaria, comércio, Daia e faculdades em muito se beneficiarão. Esta demanda precisa ser resolvida de imediato para que o mercado anapolino comece a se movimentar, de forma a fomentar empregos, compras e vendas em nossa região.

Com a implementação do Parque Tecnológico no Centro de Convenções, realizada pelo Comitê de Assuntos de Defesa da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (COMDEFESA-GO), juntamente com o pleno funcionamento do espaço do Centro de Convenções e com uma gerência de excelência, não só Anápolis ganhará, como gerará oportunidades a todo o Estado de Goiás.

É importante salientar que enquanto o Centro de Convenções estiver sem administração é a população quem fica no prejuízo, pois aquele espaço fechado gera apenas gastos cujo valor é pago pelos contribuintes. Com relação à implementação do Parque Tecnológico, vale frisar que a Câmara Municipal de Anápolis criou uma Frente Parlamentar cujo intuito é lutar pela efetivação e execução deste trabalho que em muito tem a acrescentar ao nosso município.

Sobre o Parque Tecnológico de Anápolis é forte o interesse de empresas, instituições de ensino e do Ministério da Defesa na implementação imediata na cidade, que devido à paralisação quanto à administração do Centro de Convenções, está perdendo empresas para outras cidades, principalmente pelo não funcionamento do Aeroporto de Cargas e Plataforma Logística Multimodal.

Como foi esclarecido pelo próprio Prefeito de Anápolis acerca dos reais problemas frente à liberação do Aeroporto de Cargas, tanto na parte de infraestrutura como na liberação da pista pelos órgãos competentes, como também não havendo previsão por parte do Governo Estadual para a resolução destes problemas, que propõe que a medida mais inteligente e instantânea seja a elaboração de projetos que não dependam do Governo do Estado para a implementação no município. Neste sentido é necessário aproveitar a oportunidade no tocante ao espaço do Centro de Convenção a fim de ser disponibilizado para a instalação do Centro Tecnológico de Anápolis em parceria com a gerência da ACIA no local.

Assim, conclui-se que é necessário que haja um empenho ainda maior por parte tanto da Prefeitura de Anápolis quanto do Governo do Estado de Goiás para resolução de vários gargalos, sobretudo sobre a disponibilização e utilização do espaço físico do Centro de Convenções da cidade.

Um comentário em “João da Luz divulga manifesto em apoio à Acia, para gerir o Centro de Convenções de Anápolis

  • 12 de agosto de 2019 em 14:09
    Permalink

    Acho importantíssimo que o cetro convenções de Anápolis, Seja de certo que administração seja pela CIA de Anápolis.

    Resposta

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *