Justiça determina liberdade de empresário que causou a morte de duas pessoas no trânsito de Anápolis

O empresário Christiano Mamedio da Silva, 34 anos, que foi preso por dirigir embriagado e provocar o acidente de trânsito na avenida Brasil Sul em Anápolis, onde duas pessoas morreram no dia 03 de outubro, será colocado em liberdade.

Foi o que determinou o Juiz Gustavo Braga Carvalho, atendendo um pedido da defesa do acusado. O Ministério Público se posicionou contrário a liberdade do empresário.

Christiano Mamedio dirigia uma caminhonete e acabou furando o sinal vermelho e colidindo com um caminhão, duas pessoas morreram

Segundo o Juiz a decisão “considera a situação emergencial da pandemia do Covid-19 para conceder a liberdade de Christiano.”

Na decisão foi decretada outras medidas alternativas de restrição; são elas.

-Comparecer mensalmente aí juizado para justificar suas atividades

-Proibição de frequentar, bares, boates, estacionamentos congêneres para evitar o risco de novas infrações penais, visto que quando provocou o acidente estava embriagado

-Proibido de se ausentar da cidade de Anápolis, por mais de oito dias consecutivos

-Suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

Tags:
Por: Redacao, em 19 de novembro de 2020

Um comentário em “Justiça determina liberdade de empresário que causou a morte de duas pessoas no trânsito de Anápolis

  • 21 de novembro de 2020 em 09:10
    Permalink

    Que vergonha esse cara estar solto. Anápolis briga por pautas americanas e não tem mobilização para colocar um assassino na cadeia! Essa cidade é uma vergonha! Lambe as botas de quem tem dinheiro!

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *