Polícia Civil prende em Anápolis foragido de homicídio de grande repercussão no Pará

A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) prendeu, nesse final de semana, Dedivan Castro Souza, 24 nos, considerado um dos maiores foragidos da Justiça do Pará, que se escondia há mais de um ano, acusado da prática do crime de homicídio de enorme repercussão naquele estado!

Depois do crime, ocorrido no dia 17 de abril de 2019, Dedivan percorreu vários estados da federação e recentemente veio para Goiás. Após o compartilhamento de informações entre as Polícias Civis do Estado do Pará e Goiás, foi desencadeada operação policial que resultou em sua prisão na cidade de Anápolis.

De acordo com as investigações, Dedivan teria matado Erivelton, ex-marido de Joise. Ela, após romper a relação com Erivelton, passou a namorar com o investigado. Acontece que Erivelton continuou mantendo contato com a família de Joise, sendo que Dedivan nunca aceitou essa proximidade e teria arquitetado a morte de Erivelton, que trabalhava com fretes. Então, Dedivan teria simulado a contratação desse serviço via telefone e atraído a vítima para um local distante da área urbana. Assim, teria obtido êxito em sua empreitada criminosa, ceifando a vida de Erivelton com disparos de arma de fogo.

A divulgação da imagem e identificação do foragido foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Titular desta unidade, nº 000010828006, e Despacho do delegado responsável pela operação, especialmente porque visa o surgimento de novas provas relacionadas ao homicídio e de informações sobre crimes praticados no estado de Goiás.

 

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *