Vereador alerta para evitar equívocos nos diagnósticos de Covid-19 em pessoas com outras doenças

O vereador João da Luz (DEM), na sessão ordinária desta terça-feira (23.jun), citou a situação vivida pelos mineiros para alertar os anapolinos quanto ao enfrentamento da pandemia da Covid-19. Segundo ele, em Minas Gerais as pessoas acionam a Polícia Civil e a Polícia Federal, para verificar a situação de entes queridos que falecem nos hospitais por doenças diversas, mas são colocados na cota do Coronavírus.

João da Luz disse que é importante trazer esse assunto para o âmbito de Anápolis, como forma de alertar as pessoas. “Fiquem atentos. Às vezes a pessoa é internada com outra doença e vem a proposta de colocar no óbito que foi de Covid-19. Se gor registrado dessa forma as pessoas não terá direito de realizar funeral, de velar seus entes queridos”, concluiu.

ENEL E HUANA
Sobre Moção de Apelo de sua autoria, aprovada recentemente com apoio de todos os vereadores, pedindo a retomada de leitura presencial dos medidores de consumo e energia elétrica, João da Luz informou que a Enel já tomou essa providência. Informou também que a empresa, de iniciativa própria, prorrogou de 26 de junho para 31 de julho os cortes de energia por falta de pagamento.

João da Luz também rechaçou comentários veiculados nas redes sociais de que o secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, teria solicitado ao Hospital de Urgência de Anápolis Dr Henrique Santillo para não atender pacientes de Anápolis com Covid-19. “Verificamos junto a ele, ao secretário municipal de Saúde e ao Huana. Essa informação não procede”, disse.

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *