Em Anápolis, mulher demitida não gostou do acerto trabalhista e ameaça patrão

Um caso envolvendo uma confusão entre funcionária e patrão inclusive com arma de fogo, foi parar na Delegacia Geral da Polícia Civil de Anápolis.

Um homem de 43 anos, que é proprietário de uma empresa de serviços de limpeza, entrou em desacordo com uma funcionária de 41 anos, ela havia sido demitida, e não gostou do valor do acerto trabalhista.

Então a funcionária teria ficado bastante alterada, fazendo ameaças de morte. Em seguida ela deixou o local.

Os militares fizeram um patrulhamento pela região e a mulher não foi localizada.

Por: Redacao, em 19 de novembro de 2020

Um comentário em “Em Anápolis, mulher demitida não gostou do acerto trabalhista e ameaça patrão

  • 20 de novembro de 2020 em 17:39
    Permalink

    Com tanto desempregados n cidade esses empresários abusam da situação..e simples..aconselho essa senhora a procurar a delegacia trabalhista..e ver seus direitos…

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *