Grupos de notícias

Enel e Senai vai abrir turmas para curso gratuito de eletricista em Anápolis



A Enel Distribuição Goiás está investindo na formação de eletricistas em todo o Estado. Com o objetivo de qualificar a mão de obra de profissionais, a companhia firmou uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para oferecer gratuitamente cursos aos interessados em trabalhar em rede elétrica. Na última quarta-feira (29), o Presidente da Enel Distribuição Goiás, José Luis Salas; o Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel; e o Diretor Regional do Senai, Paulo Vargas, entregaram o certificado aos novos eletricistas formados nas duas primeiras turmas de dezembro e anunciaram seis novas turmas para o próximo mês: uma em Goiânia, uma em Aparecida de Goiânia, duas em Anápolis e uma em Catalão.

Os cursos são custeados pela Enel Distribuição Goiás, que também construiu oito centros de treinamento em unidades do Senai no Estado. As aulas são ministradas pelos professores do Senai e a expectativa é formar profissionais qualificados e ainda criar um banco de candidatos que poderá preencher futuras vagas nas empresas parceiras da Enel. Desde que assumiu a distribuição de energia em Goiás, a Enel está trabalhando fortemente para a criação de uma cultura de segurança entre seus colaboradores próprios e parceiros.

Durante o evento, o Presidente da Enel Distribuição Goiás ressaltou que o programa de formação de mão de obra reforça o compromisso da empresa com o Estado e reforçou que os cursos serão contínuos. “Nosso objetivo é abrir novas turmas a cada mês. Qualquer pessoa maior de 18 anos, com o ensino fundamental completo, pode procurar uma unidade do Senai nas cidades selecionadas e se inscrever para o curso. Em seguida, a instituição fará um processo seletivo e os aprovados começarão a formação”, explica.

O projeto teve início em setembro de 2019 e formou 65 alunos em três turmas, deste total cerca de 75% já foram contratados por empresas parceiras e os outros estão em fase de contratação. Com a abertura das seis novas turmas, os interessados devem procurar as unidades do Senai com os documentos pessoais e um comprovante de endereço para se cadastrarem. Em seguida, o Senai promoverá um processo seletivo e os alunos aptos iniciarão o curso. Caso o número de candidatos seja maior do que o número de vagas, os interessados ficarão em uma lista de espera e serão chamados assim que novas turmas se abrirem. O projeto é contínuo e a ideia é que novas turmas sejam formadas ao longo do ano.

Para viabilizar os cursos, a companhia investiu cerca de R$ 2,5 milhões para a construção de oito centros de treinamento e para custear os cursos para a formação de eletricistas nos próximos anos. Em cada centro, a distribuidora instalou postes, transformadores, caixas de medidores e cabos iguais aos que são utilizados nas redes de média e baixa tensão, além de postes de 4 metros de altura, chamados de postes miniaturas, que são utilizados pelos novos eletricistas no início dos treinamentos. “Essas réplicas da rede de distribuição fazem parte da didática utilizada para que os futuros eletricistas coloquem em prática todo o aprendizado obtido em sala de aula, garantindo que esses profissionais saiam do curso com a qualificação necessária para atuar em qualquer uma de nossas parceiras”, afirma Salas.

Inscrições

Qualquer pessoa maior de 18 anos pode ingressar no curso, que é totalmente custeado pela distribuidora, e tem duração de 368 horas, cerca de dois meses e meio, contemplando os cursos de Formação de Eletricista, Norma Regulamentadora 10 e 35, Direção Defensiva e Segurança na Operação e Manuseio de Motosserras e Moto Podas. As oportunidades estão disponíveis em centros de treinamentos localizados nos municípios de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Jataí, Catalão, Itumbiara, Niquelândia e Quirinópolis. Essa é mais uma ação que reforça o compromisso da Enel por Goiás.