Secretaria Municipal desmente fake news sobre novas vagas para educação infantil

Em coletiva de imprensa, a secretária Sonja Lacerda esclareceu que novas vagas para CMEIS estão sendo disponibilizadas e os novos cadastros serão feitos a partir desta sexta-feira (20) pelo Zap da Educação, o mais novo integrante do Zap da Prefeitura

Agora é possível buscar uma vaga para crianças na educação infantil sem sair de casa. A partir desta sexta-feira, 20, começa a funcionar o Zap da Educação – mais uma ferramenta do Zap da Prefeitura que vem trazer facilidade e comodidade aos cuidadores. O atendimento no Zap é de segunda à sexta das 8h às 18h.

Para tanto, basta entrar em www.anapolis.go.gov.br e clicar em Zap da Prefeitura, depois em Zap da Educação. Com a abertura dos novos CMEIS ocorridas nos últimos anos, são mais de mil novas vagas para educação infantil modalidade creche: infantil I, II e III.

Cronograma de novos cadastros

20/11 a 04/12 – Novos Cadastros através do ZAP DA EDUCAÇÃO

07/12 – Publicação no Portal da Educação a relação dos alunos aptos para validação

08/12 a 22/12 – Apresentação nos CEIs e CMEIS da documentação comprobatória dos cadastros aptos

23/12 a 15/01 – Validação dos cadastros aptos para a vaga.

18/01 a 22/01 – Efetivação das matrículas para os contemplados com a vaga.

Dúvidas pelo telefone 3902-2758 ou 3902-1379

Previsão

A previsão é de que o ano letivo de 2021 comece no próximo dia 25 de janeiro. Por meio de uma comissão formada por representantes de diversos setores como Conselho Municipal de Educação, Ministério Público, Secretaria Municipal de Saúde, sindicatos, entre outras entidades, um estudo está sendo feito para avaliar o formato mais seguro para a retomada das aulas: presencial, híbrida ou remota.

Fake News

A informação falsa que a prefeitura não iria abrir novas vagas em Cemeis foi publicada em uma página chamada “Jornal Policial de Anápolis”, pertencente a Rannieri Ferreira Flores e sua esposa Francyelle Fores, que estão a serviço do PT de Antônio Gomide.

O casal Rannieri Ferreira Flores e sua esposa Francyelle Flores vão responder na justiça por divulgação de fake news
O mesmo blogueiro em 2016, fazia duras críticas a gestão do PT

O casal não esconde que são apoiadores do PT, mas pesquisando mais a fundo, foi possível observar que o dono da página em 2016, fazia duras críticas ao PT e a gestão de Antônio Gomide. Agora ele terá que responder na justiça por crime eleitoral e divulgação de fake News.

Por: Redacao, em 19 de novembro de 2020

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *