Grupos de notícias



João da Luz afirma que é inadmissível aumento de 80% na passagem de ônibus



O vereador João da Luz (DEM) disse na tribuna, na sessão desta segunda-feira (25.out), que recebeu perplexo a notícia que a Urban pretende elevar a passagem de ônibus em Anápolis para R$ 7,63.
João da Luz afirma que é inadmissível aumento de 80% na passagem de ônibus
Vereador João da Luz, do DEM (Foto: Ismael Vieira)

“Para o momento que estamos vivendo, com custo de vida enorme, isso é abusivo. É inadmissível a gente permitir que o passageiro pague mais de R$ 7 na tarifa, um aumento de quase 80%”, afirmou.

O vereador ressaltou que como presidente da Comissão de Direitos do Consumidor, tem sido chamado a se posicionar sobre o tema. “Portanto, quero direcionar esse pedido à nossa Agência Reguladora Municipal e ao prefeito Roberto Naves”.

João da Luz falou ainda sobre o aumento de 16% da energia elétrica. Segundo ele, o “governo federal deixa a coisa rodar solto”. “Tem de ter um freio para que a economia seja equilibrada, e não falo só de energia, mas o combustível aumenta ao bel prazer da Petrobras. É preciso ter um dispositivo de segurança para frear esse tipo de situação”, disse.

Em contrapartida, o vereador citou o caso da água, cuja tarifa não sofre aumento há dois anos. “Quando o governo quer, ele segura. Tem dois anos que o governador Ronaldo Caiado não deixa a tarifa aumentar em Goiás”.

João da Luz comentou que em relação à tarifa de ônibus, ele tem certeza que o prefeito não vai permitir que haja um aumento com o percentual desejado pela empresa.

O vereador falou ainda da carestia no Brasil. Segundo ele, foi preciso que os chineses deixassem de comprar a carne brasileira, devido à doença da vaca louca, para que o produto sobrasse para o mercado interno.

Além disso, comentou João da Luz, o brasileiro tem comprado produtos em dólar, mas recebe o salário em real. “Qual a coerência nisso? Que tenhamos um dispositivo que convença a sociedade que algo está sendo feito”, concluiu.